Guardarei aqui as minhas experiências em Linux (coisas que funcionaram) como forma de ter um local aonde recorrer sempre que for necessário pois as vezes a memória nos atraiçoa. Aqui também serão divulgadas algumas notícias do mundo da Informática

Domingo, 20 de Junho de 2010
Codecs Mutimédia no Fedora 13

Por Fedora não ser um producto comercial e ter como política a não inclusão de Software proprietário no seu repositório,  para escutarmos música ou vídeo que não estejam em formato open vamos ter que adicionar repositórios de terceiros a partir dos quais vamos instalar os plugins necessários  a fim de que possamos ver quase todos os tipos de vídeos e escutar mp3. Vamos adicionar os repositórios Rpm Fusion e Livna

Adicionando o Repositório Rpm Fusion:
1- Abrimos a consola em Aplicações>Ferramentas do Sistema>Consola e entramos como root.

 

su -

 

introduzimos a nossa Senha e de seguida vamos à inclusão do novo repositório.

 

2- Introduzimos o seguinte na consola (pode copiar e com o botão direito do rato clicar na Consola e seleccionar colar ou então seleccionar este comando e clicar com a rodinha do meio do rato encima da Consola):

 

rpm -Uvh http://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-stable.noarch.rpm http://download1.rpmfusion.org/nonfree/fedora/rpmfusion-nonfree-release-stable.noarch.rpm

 

Vai-nos sair algo assim na Consola:
A obter o http://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-stable.noarch.rpm
A obter o http://download1.rpmfusion.org/nonfree/fedora/rpmfusion-nonfree-release-stable.noarch.rpm
aviso: /var/tmp/rpm-tmp.sERLsw: Header V3 RSA/SHA256 Signature, key ID 8fcff4da: NOKEY
aviso: /var/tmp/rpm-tmp.L8sb4Q: Header V3 RSA/SHA256 Signature, key ID 8dc43844: NOKEY
A preparar...               ########################################### [100%]
1:rpmfusion-free-release ########################################### [ 50%]
2:rpmfusion-nonfree-relea########################################### [100%]

 

Vai aparecer uma mensagem de NOKEY, mas não se preocupe porque depois a chave será importada.

Novo comando:

 

yum update

 

 

Agora na Consola vai aparecer algo assim:

 

Loaded plugins: presto, refresh-packagekit

rpmfusion-free                                           | 2.8 kB     00:00
rpmfusion-free/primary_db                                | 304 kB     00:01
rpmfusion-free-updates                                   | 2.8 kB     00:00
rpmfusion-free-updates/primary_db                        |  50 kB     00:00
rpmfusion-nonfree                                        | 2.8 kB     00:00
rpmfusion-nonfree/primary_db                             |  97 kB     00:00
rpmfusion-nonfree-updates                                | 2.8 kB     00:00
rpmfusion-nonfree-updates/primary_db                     | 6.5 kB     00:00
Setting up Update Process
Resolving Dependencies
--> Running transaction check
---> Package rpmfusion-free-release.noarch 0:13-2 set to be updated
---> Package rpmfusion-nonfree-release.noarch 0:13-2 set to be updated
--> Finished Dependency Resolution

Dependencies Resolved

================================================================================
Package                       Arq.       Versão    Repository             Size
================================================================================
Updating:
rpmfusion-free-release        noarch     13-2      rpmfusion-free         14 k
rpmfusion-nonfree-release     noarch     13-2      rpmfusion-nonfree      14 k

Transaction Summary
================================================================================
Install       0 Package(s)
Upgrade       2 Package(s)

Total download size: 28 k
Is this ok [y/N]: Aqui teclamos y
Downloading Packages:
Setting up and reading Presto delta metadata
Processing delta metadata
Package(s) data still to download: 28 k
(1/2): rpmfusion-free-release-13-2.noarch.rpm            |  14 kB     00:00
(2/2): rpmfusion-nonfree-release-13-2.noarch.rpm         |  14 kB     00:00
--------------------------------------------------------------------------------
Total                                            23 kB/s |  28 kB     00:01
aviso: rpmts_HdrFromFdno: Header V3 RSA/SHA256 Signature, key ID 2425b284: NOKEY
rpmfusion-nonfree/gpgkey                                 | 3.4 kB     00:00 ...
Importing GPG key 0x2425B284 "RPM Fusion nonfree repository for Fedora (13) " from /etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-rpmfusion-nonfree-fedora-13-i386
Is this ok [y/N]: y
warning: rpmts_HdrFromFdno: Header V3 RSA/SHA256 Signature, key ID a3780952: NOKEY
rpmfusion-free/gpgkey                                    | 3.3 kB     00:00 ...
Importing GPG key 0xA3780952 "RPM Fusion free repository for Fedora (13) " from /etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-rpmfusion-free-fedora-13-i386
Is this ok [y/N]: y
Running rpm_check_debug
Running Transaction Test
Transaction Test Succeeded
Running Transaction
Warning: RPMDB altered outside of yum.
Updating       : rpmfusion-free-release-13-2.noarch                       1/4
Updating       : rpmfusion-nonfree-release-13-2.noarch                    2/4
Cleanup        : rpmfusion-nonfree-release-11-2.noarch                    3/4
Cleanup        : rpmfusion-free-release-11-2.noarch                       4/4

Updated:
rpmfusion-free-release.noarch 0:13-2  rpmfusion-nonfree-release.noarch 0:13-2

Complete!
[root@star ~]#

 

 

Adicionando o Repositório Livna


Ainda como root vamos dar o seguinte comando:

 

rpm -ivh http://rpm.livna.org/livna-release.rpm

 

 

Vai-nos aparecer algo assim:

A obter o http://rpm.livna.org/livna-release.rpm
aviso: /var/tmp/rpm-tmp.GyUw2g: Header V4 DSA/SHA1 Signature, key ID a109b1ec: NOKEY
A preparar...               ########################################### [100%]
1:livna-release          ########################################### [100%]

 

 

Importamos a chave com o seguinte comando:


rpm --import /etc/pki/rpm-gpg/RPM-GPG-KEY-livna

 

 

Bem agora que já foram adicionados os repositórios já existem condições para instalação dos Codecs Multimédia.

Instalando Codecs e Players de Vídeo e mp3

Estando como root copie e cole na Consola o seguinte:

 

yum -y install libdvdcss gstreamer-plugins-bad gstreamer-plugins-ugly mplayer mplayer-gui gecko-mediaplayer mencoder vlc banshee gstreamer-ffmpeg xmms xmms-mp3 xmms-faad2 xmms-pulse xmms-skins audacious audacious-plugins-freeworld* xine-lib-extras-freeworld  xine xine-lib-extras  totem-gstreamer totem-xine totem-nautilus totem-mozplugin totem-pl-parser totem-youtube ffmpeg ffmpeg-libs gstreamer-plugins-good compat-libstdc++-33 compat-libstdc++-296 libdvdread libdvdnav lsdvd libdvbpsi

 

 

Não se preocupe com o monte de texto que vai sair na Consola, no final estarão instalados os Codecs e Media Players para quase todos os formatos de Vídeos.

 

Adobe Flash Player

Agora vamos instalar o flash-plugin a fim de que possamos ver vídeos no YouTube por exemplo ou outros conteúdos que requeiram Flash na Internet.

 

1- Baixar o Adobe Flash Player

2- Ainda estando como root vamos entrar na pasta Download que é para onde os downloads são descarregados por pré-definição.
Comando:

cd /home/joao/Download


Neste caso pus joao porque este é o meu nome de utilizador, você poderá ter um outro nome.

3- instalar o Flash Player:
Comando:

rpm -Uvh flash-plugin-10.0.45.2-release.i386.rpm


Ou então abra a pasta Download e clique duas vezes no pacote flash-plugin e o instalador fará o resto. Pedir-te-à a Senha e procederá à instalação.

Pronto! Já podemos desfrutar dos nossos ficheiros multimédia e curtir o YouTube!

 

Documentos de apoio:

http://rpmfusion.org/Configuration

http://www.my-guides.net/en/content/view/174/26/



publicado por terraterra às 11:55
link do post | comentar | favorito

Domingo, 13 de Junho de 2010
Fedora 13 pós instalação

Após a instalação do Fedora 13 procedemos à actualização do mesmo. Entramos com o nosso computador na Internet e efectuamos a actualização do nosso sistema.

 

Configurar a Internet para entrada automática:

Clicamos no ícone do computadorzinho no painel superior

 

Seleccionamos configurar VPN

 

 

Seleccionamos a pestana Com Fios > System eth0 e clicamos em Editar

 

Aqui marcamos a caixa Ligar automaticamente e depois clicamos Aplicar

 

A actualização do sistema pode ser feita de duas formas:

1- Pelo processo Gráfico: Aqui vamos ao menu Sistema > Administração > Actualização de Software e depois é só clicar em instalar actualizações.

 

2- Pelo processo Texto: Aqui vamos ao Aplicações > Ferramentas do Sistema > Consola e vai-nos abrir uma janela onde logo após o símbolo $ digitamos su - (tem que ser assim mesmo, com o tracinho) e damos Enter.  O joao@star que aparece aqui quer dizer o seguinte: joao é o nome do utilizador (neste caso meu nome) e star é o nome do computador.

 

Isso é para que possamos entrar como root. De seguida vai-nos pedir a nossa senha e aí teclamos a senha root que criamos no momento da instalação. Não se preocupe! no momento de teclar a senha não se vê mesmo nada a ser digitado mas logo assim que a senha for digitada o teu nome de utilizador na consola mudará para root e aparecerá o símbolo # .

 

 

 

 

Agora como root inserimos o seguinte comando: yum update e damos o Enter

 

(aqui vai fazer todo o seu processo, checando o que precisa ser actualizado e de seguida aparecerá uma lista e a pergunta: Is this OK [y/N:

Neste caso teclamos y e damos Enter e então começa-se o processo de actualização. Após a conclusão da actualização, para mudar para utilizador normal é só digitar exit e dar o Enter (Só devemos entrar como root quando for estritamente necessário, pois ao estarmos como root temos imenso poder. Poder até de acabar com o sistema).

 

Para que não tenhamos a necessidade de entrar sempre como root para efectuar tarefas simples que requeiram privilégios de super usuário, podemos configurar o sudo. Configurando o sudo poderemos em determinados momentos executar tarefas que logo após concluídas voltamos automaticamente ao privilégio de usuário comum.

 

Para configurar o sudo

 

Entre como root copie e cole o seguinte na consola:

echo "$(logname) ALL=(ALL) ALL" >> /etc/sudoers
Com este comando poderá ver a inclusão do seu nome de usuário no final do ficheiro  /etc/sudoers:
tail /etc/sudoers

 

No próximo post vamos instalar os Codecs necessários para que possamos ver Vídeo e escutar mp3.



publicado por terraterra às 20:19
link do post | comentar | favorito

Sábado, 5 de Junho de 2010
Fedora 13 (Goddard)

 

O Fedora 13 foi liberado em 26 de Maio. Esta versão do Fedora vem com o codinome de Goddard em homenagem ao Físico e Inventor americano Robert H. Goddard. Graças à boa vontade da CVMultimédia pude baixar a ISO do DVD de instalação (3.1 GB). Digo boa vontade da CVMultimédia porque deram um grande passo ao aumentar o plano tarifário de 5000 MB de Download para 10000 MB e com uma velocidade teórica de 128 a 2048 kb/s. Outros pacotes subiram para 15000 MB e também houve a inclusão de mais dois pacotes mais modestos cuja oferta poderá aumentar o número de utilizadores ADSL no país, isto com efeito a partir do mês de Maio passado. Confesso que com isto já dá para fazer alguma coisa, mas queremos ainda muito mais. Esperemos que com a inauguração do novo cabo submarino as coisas venham a melhorar consideravelmente tanto na velocidade como no limite de megas de download assim como nos preços. O cabo-verdiano agradece a este gesto da CVMultimédia!

 

Bem, vamos ao motivo deste post!

 

Esta versão do Fedora vem com o codinome de Goddard em homenagem ao Físico e Inventor americano Robert H. Goddard.

Acho que agora que já instalei o Fedora 13 já posso falar um pouco sobre o mesmo.

Quanto à instalação acho-a bastante intuitiva, bastando a uma pessoa recém chegada ao mundo Linux ter simplesmente uma noção de particionamento do disco para efectuar a sua instalação. O tipo de ficheiro ext4 apresenta-se como padrão (isto desde a versão 11) e também os valores em MB das partições são sugeridas automaticamente na caixa de diálogo do particionamento. Mas mesmo um potencial utilizador sem a mínima noção de particionamento pode facilmente instalar o Fedora pois existem opções de instalação que dispensam a intervenção no esquema de particionamento pela pessoa que está instalando o sistema.


 

Ao longo da instalação vi que haviam mudanças no sentido de simplificar o processo. Mas logo após a instalação no momento do bootsplash tem-se a impressão de se estar a entrar no Fedora 12, sendo que esta impressão se dissipa após o carregamento do sistema. O ambiente gráfico apresentando uns ícones com um design mais arrojado e o wallpaper (uma boa escolha) empresta uma beleza clean ao ambiente.

Também notei que as configurações de monitor que normalmente faço, desta vez apresentaram um resultado mais surpreendente. O facto é que houve uma melhoria significativa nos drivers das placas gráficas.

Com o objectivo de ter um acelerador gráfico 3D no Linux, os utilizadores vinham-se recorrendo dos drivers proprietários fornecidos pelos distribuidores das placas gráficas. Há algum tempo que a comunidade Linux vem trabalhando no sentido de oferecer uma alternativa open-source para os drivers de vídeo. Testes já vinham sendo feitos há já algum tempo, mas com o fedora 13 os resultados já se fazem sentir. Esta versão do Fedora oferece open-source drivers que suportam placas gráficas de diversos fabricantes como sendo a ATI, NVIDIA e Intel, pelo que os afeiçoados a games vão se sentir mais animados a se manterem no Linux e os indecisos devido a problemas com os seus jogos preferidos devido aos drivers anteriores, vão tendo cada vez mais motivos para se migrarem para o Linux.

Para além dos drivers open-source para as placas gráficas, de entre outras novidades destacam-se nesta nova versão a instalação automática de driver de impressão. Com isto quando uma impressora é conectada logo o Pakcagekit procura e instala o driver correspondente ao fabricante e modelo da impressora (só temos que clicar em procurar na caixa de diálogo que aparece logo após a conexão da impressora), o mesmo acontece com Scanners. Instalação automática de pacotes de idiomas, Gestão de cores para calibração de monitores e scanners, procura e instalação automática de PlugIns para reprodução multimédia (mas isto nem sempre consegue encontrar os PlugIns necessários, talvez dado a alguns não serem open-source e não irem assim de encontro à filosofia do Fedora, pelo que a instalação manual dos PlugIns para reprodução multimédia através da adição de repositórios de parceiros como sendo o RPM Fusion ainda continua sendo a melhor alternativa).

O Shotwell vem substituir o Gthumb e F-Spot como organizador e editor de foto predefinido (mas ainda quem se afeiçoou ao Gthumb e F-Spot poderão fazer a instalação dos mesmos através do repositório oficial). O Shotwell importa fotos de qualquer câmara digital suportado pelo gPhoto, usa etiquetas para organizar fotos, permite edição simples de imagens, como sendo rotação, corte, reduz os olhos vermelhos e ajusta a exposição, saturação, cores etc. Mas entretanto, para quem é um aficionado por manipulação de imagens no plano profissional há um programa de edição que é o GIMP e faz parte dos soft de edição de imagens há já muito tempo nas edições Linux.

Para se efectuar backups conta-se com a ferramenta Déjà Dup que permite fazer backups local e remoto, encriptação de segurança e compressão de dados, bem como backups programados. O Nautilus oferece a possibilidade de split, apresentando deste modo a apresentação de dois directórios lado a lado no modo split-view tornando-se desta forma mais pratica a navegação entre ficheiros. Esta funcionalidade é activada da seguinte forma: Ver > Painel Extra, ou então premindo a tecla F3.


De entre outras, estas são algumas novidades que atraíram a minha atenção. Agora vamos curtindo este enquanto aguardamos os 6 meses para o lançamento do Fedora 14, este de codinome Laughlin.



publicado por terraterra às 16:43
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
CD de Instalação
Contactos para quem vive em Cabo Verde e quer um CD de instalação Fedora, Ubuntu ou Sabayon

Ilha de São Vicente:
Contactar com: João da Graça
Ou então o Telemóvel:
+(238) 9816737

Ilha de Santo Antão
Contactar com: Ricardino Évora
Ou então o Telemóvel:
+(238) 9830660
posts recentes

Codecs Mutimédia no Fedor...

Fedora 13 pós instalação

Fedora 13 (Goddard)

arquivos

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

tags

todas as tags

Download OpenOffice
links
blogs SAPO